Médicos pós alta hospitalar

A alta hospitalar de um prematuro é a primeira batalha vencida, mas a assistência especial do prematuro não se limita à UTI. Após a alta hospitalar alguns bebês prematuros, nascidos antes das 37 semanas, necessitam de cuidados médicos com atenç ão e apoio diferenciado, pois podem apresentar sequelas, dificuldades ou problemas de saúde. É fundamental que todo criança prematura seja acompanhada por uma equipe de profissionais adequada para melhor qualidade de vida.

O objetivo

- Identificar problemas de desenvolvimento com desvio da normalidade;

- Acompanhar a evolução, monitorizando o crescimento

Os especialistas

No dia da alta hospitalar, o pediatra da maternidade irá orientar os pais sobre a necessidade de acompanhamentos com tais especialidades. Os avanços tecnológicos, a melhora dos recursos diagnósticos, terapêuticos e de cuidados hospitalares, têm contribuído muito para a sobrevivência dos bebês prematuros. O programa de follow up do prematuro deve ser realizado por profissionais experientes. Confira alguns dos especialistas:

  • Neurologista: para acompanhar o desenvolvimento neurológico dos bebês, principalmente se apresentaram hemorragia intra craniana, e pelo longo uso dos aparelhos de oxigênio.
  • Oftalmologista: para acompanhar problemas com a visão dos pequenos, como a retinopatia da prematuridade.
  • Otorrinolaringologia: para acompanhar a audição dos bebês, por exames tipo o Bera.
  • Cirurgião pediatra: alguns bebês prematuros passam por cirurgia, como a hérnia inguinal que é muito comum de ocorrer.
  • Cardiologista: com o nascimento prematuro pode ocorrer maior risco de cardiopatia (canal arterial), por isso o acompanhamento com este especialista é muito importante.
  • Gastroenterologista: para acompanhamento da alimentação de seus bebês, com problemas de refluxo ou que necessitam de alimentação especial por gastro.
  • Pediatra neonatologista: pode ser bem útil, pois com esta formação extra o pediatra neonatologista poderá identificar e avaliar a necessidade de tais vacinas, acompanhamentos médicos e/ou exames especiais.

Alguns destes especialistas podem solicitar outros apoios e estímulos como a fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, etc. Na duvida, sempre pergunte ao pediatra de seu filho.

Nestas consultas, levem sempre o relatório da alta, a carteira de vacinação e todos os exames feitos.

Tati Souza

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!